A metáfora na economia.

Um estudo com reportagens jornalísticas

Autores

  • Marlene Silva Sardinha Gurpilhares Centro Universitário Teresa D´Ávila
  • Alba Luciene Thiago Centro Universitário Teresa D´Ávila

Resumo

Este trabalho tem como objetivo examinar a força argumentativa da metáfora conceptual na construção do sentido do gênero discursivo “reportagem jornalística”, sobre economia. A opção por esse gênero deve-se ao fato de o mesmo ser um importante veículo de comunicação, que transmite informações atualizadas e aprofundadas, além de fazer parte do nosso cotidiano. A fonte de coleta – o jornal O Estado de São Paulo – foi escolhida devido à sua credibilidade na comunidade intelectual do país. O Corpus selecionado constituiu-se de uma reportagem jornalística, do caderno Economia & Negócios. Como fundamentação teórica, utilizamos propostas de GEARY (2011), SARDINHA (2007) e VEREZA (2007), sobre metáforas; COIMBRA (2004), KINDERMANN (2003) e MELO (2003), sobre reportagem jornalística, entre outros. Essa pesquisa teve como foco de análise, a dimensão argumentativa da metáfora e, sua análise mostrou que as expressões metafóricas, discursivamente inter-relacionadas, funcionam como fortes mecanismos de argumentação na construção do sentido do texto.

Biografia do Autor

Marlene Silva Sardinha Gurpilhares, Centro Universitário Teresa D´Ávila

Doutora em Linguística Aplicada, pela PUC/SP, professora de Linguística e de Língua Portuguesa na FATEA, professora do Mestrado em Design, Tecnologia e Inovação, da FATEA.

Alba Luciene Thiago, Centro Universitário Teresa D´Ávila

Licenciada em Letras, com habilitação em Inglês, pela FATEA

Downloads

Publicado

2018-03-30

Edição

Seção

Artigos