O papel do professor e as abordagens pedagógicas no estudo da linguagem da mídia

Autores

  • Lígia Beatriz Carvalho de Almeida Universidade Federal de Campina Grande
  • Mariana Pícaro Cerigatto Universidade Estadual Paulista_UNESP

Resumo

Os estudos sobre mídias e novas tecnologias na educação ganham cada vez mais relevância mediante iniciativas que seguem uma tendência internacional de educação para a mídia e fomentam a participação na cultura digital.  Entretanto, no Brasil ainda faltam materiais pedagógicos e metodologias de trabalho apropriadas para atividades dessa natureza. Nesse contexto, se insere o presente artigo, que discute metodologias destinadas à alfabetização para a mídia. O estudo aponta caminhos, calcados na metodologia inglesa, denominada media literacy, para trabalhar com a linguagem da mídia em sala de aula e expõe resultados de atividades aplicadas pelas autoras. Percebe-se, em linhas gerais, que a exploração da linguagem midiática no contexto educacional contribui para desenvolver o senso crítico, a criatividade, a expressividade, entre outras competências.

Biografia do Autor

Lígia Beatriz Carvalho de Almeida, Universidade Federal de Campina Grande

Profa. adjunta da Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, Campina Grande, PB. Doutora em Educação, Mestre em Comunicação Midiática. Licenciada em Pedagogia e Bacharel em Comunicação Social. Pesquisadora da relação entre educação e tecnologias da informação e da comunicação. Integrante do grupo de pesquisa EpisCom.

Mariana Pícaro Cerigatto, Universidade Estadual Paulista_UNESP

Jornalista, mestre em TV Digital e doutoranda em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Integrante do grupo de pesquisa EpisCom.

Downloads

Publicado

2018-03-30

Edição

Seção

Artigos